COMUNICADO

07/06/2021, 10:17

O Instituto Nacional de Gestão de Bolsas de Estudo (INAGBE), vem por este meio, comunicar aos estudantes e ao público em geral, que o Governo da República da Polónia, no âmbito do seu Programa de Bolsas Banasch, uma iniciativa conjunta do Ministério dos Negócios Estrangeiros e da Agência Nacional de Intercâmbio Académico (NAWA), concede bolsas parciais para estudos universitários a nível de mestrado.

A presente bolsa, é apenas para candidatos que formaram-se ou em vias de concluir a formação (estando no último ano) nas áreas de engenharia e ciências técnicas, ciências agrárias e ciências naturais, e que pretendem dar sequência da sua formação na língua polaca ou inglesa a nível de mestrado, nas universidades supervisionadas pelo Ministério da Educação e Ciência do Governo polaco.  

Para o efeito, os candidatos devem ser única e exclusivamente angolanos, ou seja, cidadãos que não têm cidadania Polonesa e não tenham solicitado a cidadania Polonesa e que cumpram com os demais requisitos espelhados no Edital abaixo ao presente comunicado, para que a posterior possa criar uma conta no portal (Login / Registration (nawa.gov.pl), uma vez criada a conta, poderão escolher a referida bolsa e preencher o formulário de candidatura, e submeté-la até ao dia 21 de Junho de 2021, conforme o edital.

Importa frisar que, a referida oferta é comparticipada, ou seja, o Estado Polaco arcará apenas com as despesas que tem que ver com a propina, e os candidatos admitidos terão que se responsabilizar com as despesas adicionais tais como:

  1. Alojamento;
  2. Alimentação;
  3. Seguro de Saúde;
  4. Transporte;
  5. Bilhete de passagem de ida e volta.

De realçar que, a concessão de novas bolsas de estudo externas fora dos programas especiais do Governo angolano, quer a nível da formação graduada e/ou pós-graduada, encontram-se suspensas. Deste modo, as únicas oportunidades são as que existem por editais que requerem candidaturas, obedecendo aos seus requisitos. 

A presente oferta é unicamente financiada pelo Governo Polaco.

COMUNICADO SOBRE A OFERTA DA POLÓNIA